Jeitinho brasileiro

logo Como somos imigrantes brasileiros aqui no Canadá, vira e mexe temos que traduzir alguns documentos. Existem varios tipos de traduções diferentes.

Um exemplo, foi a tradução do comprovante de batismo dos meus filhos para matricula-los na escola católica. Eu mesma traduzi tudo e anexei uma copia da certidão original.

Para ser Professional Engineer aqui em Ontario, o Sergio pode pedir que um outro Professional Engineer assine as traduções dos historicos e diplomas dele.

Mas algumas vezes a tradução tem que ser juramentada e não pode ser feita por qualquer pessoa. Para isso existem alguns órgãos aceitos na Provincia para certificar que aquela tradução é fiel ao documento em outra lingua.

Um desses orgãos que é aceito amplamente por aqui é a ATIO (Association of Translation and Interpreters of Ontario).

Na minha procura por um tradutor certificado, eu acabei descobrindo que existe uma certa “picaretagem” neste mundo das traduções. Eu pedi a indicação de um tradutor em uma comunidade de brasileiros e comecei ligar para os “tradutores”. Muitos deles não são certificados, mas foram honestos e já me avisaram.

O que me chamou a atenção foi uma pessoa que se apresenta como tradutora, mas na verdade ela apenas transfere o trabalho para um tradutor ATIO e cobra um valor por fazer esta intermediação. Ela só não pegou o trabalho que eu precisava porque a tradutora que ela contrata é a mesma que eu conheço, e estava de férias.

O fato é que algumas vezes fica difícil separar o joio do trigo e como as pessoas precisam, não conhecem, algumas não falam inglês… ela acabam sendo passadas para trás.

O que eu descobri foi que o site da ATIO tem uma lista dos tradutores certificados em Ontario. Com certeza existem outros orgãos que fazem esta certificação, mas eu ainda não conheço. Na dúvida… eu procuro um dos 5 nomes da lista. Com esses eu sei que meus documentos traduzidos serão aceitos em qualquer lugar, sem o menor problema.

O senhor que traduziu os meus documentos, por incrível que possa parecer, não fala portugues. Segundo ele, nossa lingua é muito difícil e ainda tem as diferenças no sotaque entre os portugueses e os brasileiros! Eu o entendo perfeitamente porque tb posso traduzir qualquer texto do ingles para o portugues, mas falar ingles… é outra história.

 

Advertisements

One thought on “Jeitinho brasileiro

  1. Olá PESSOAL….

    Gostaria de ter mandado esta msg via e-mail mas não encontrei….podem me responder por e-mail: vanalves001@gmail.com

    Acompanho o blog de vcs e adoro saber como esta a vida por ai…
    Eu e meu marido estamos fazendo processo de imigração para Quebec e estamos aguardando CSQ (meu marido é estatístico e eu, nutricionista). Somos de Porto Alegre/ RS. Como a profissão do meu marido é prioritária, ou pelo menos era, quando mandamos o dossiê (dez/2011), esperamos logo ter o CSQ em mãos para darmos entrada no Federal.
    Estamos questionando algumas intenções e gostaríamos de pedir a opinião de vocês que já estão no Quebec….Estamos com 31 anos e a vontade de formarmos uma família (termos filho) esta cada vez mais acentuada, e se formos esperar pelo processo do Canadá, ficaremos aqui no Brasil por pelo menos mais 2 anos…mas estamos com vários questionamentos e gostaríamos de saber a opinião de vcs…
    1- Estamos nos questionando o que será melhor: Termos nosso primeiro filho aqui no Brasil, perto da família para não privá-los de ter vínculo e contato com nosso filho deste o início…Além do que, aqui tenho meus médicos…
    2- Ou se deixamos para ter no Canadá (que era nossa intenção na época em que decidimos iniciar o processo, 3 anos atrás). Sabemos que ter no Canadá nos da muitos benefícios… como licença maternidade e paternidade estendida (o que será ótimo para nós e a criança), e não precisar inclui-lo no processo de imigração daqui, pois como podem ver esta bem enrolado…mas para isso teremos que chegar no Canadá, aperfeiçoar a língua e arrumar um bom emprego. Sabe-se lá quanto tempo isso pode levar….
    O apto que moramos hoje é de 1 dormitório (pagamos aluguel)…ou seja, mais uma coisa para pensarmos antes de termos um filho aqui, teríamos que ir para um apto de 2 dormitórios, pelo menos….
    Estamos pensando em ir para Quebec no ano que vem procurar emprego, mas até lá, muitas dúvidas tirarão nosso sono….
    Dizem que o ano começa em setembro, e é a melhor época para irmos, procede?

    O que vcs acham? 😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s