namorando de novo

IMG_7796Eu não gosto de dizer que a qualidade do meu relacionamento com o Sergio tenha piorado com o nascimento dos nossos filhos: eu prefiro dizer que tudo mudou. Depois que as crianças nasceram, andar de mãos dadas se tornou raridade! Acho que só conseguíamos fazer isso quando deixávamos as crianças na casa da minha mãe para as consultas pré natais das meninas, rs.

Sentar lado a lado nos restaurantes se tornou missão impossível! Com três crianças pequenas, sempre tivemos que nos dividir entre eles e, mesmo as conversas nos restaurantes sempre giravam em torno deles.

Com a nossa vinda para o Canadá, os passeio a dois se tornaram raridade. Em 4 anos e meio nós fomos em 3 shows (Peal Jam, Roberto Carlos e Paul Mccartney) e … é isso! Foram apenas 3 shows sem as crianças.

Muito de vez em quando eles fazem um playdate na casa de um amiguinho e temos algumas horinhas livres para falar de amor resolver coisas relacionadas às crianças. A grande verdade é que a nossa vida acabou girando muito em função deles e quando todo mundo vai finalmente para a cama e nós dois ficamos “enfim sós”, já estamos esgotados e querendo dormir.

Mas então, na semana passada, chegamos no restaurante preferido deles e os três correram para sentar juntos. Começaram escrever na mesa, fazer desenhos, conversar, jogar e quando me dei conta, eu e o Sergio estávamos sentadinhos lado a lado, de mão dadas, conversando sobre a vida como um casal de namorados.

A garçonete veio, nós fizemos os nossos pedidos, cada uma das crianças fez o proprio pedido, comeu sozinha e eu confesso que eu até senti uma pontinha de saudade dos meus bebezinhos, mas passou logo e eu aproveitei a companhia do meu marido.

Aos poucos as crianças estão crescendo e cada  vez precisando menos de nós: já tomam banho sozinhos, comem sozinhos e mesmo as briguinhas estão diminuindo. De uma certa forma a diferença de idade entre eles está ficando cada vez menor e eles estão cada vez se divertindo mais uns com os outros. Quando eu vejo, fui colocada de lado e eles mal se lembram que eu existo, rs.

Agora, eu tenho que ficar chamando e correndo atrás dos meus filhos!!! Eles estão neste momento jogando Mario Bros no wii e eu aqui morrendo de ciumes!!! Quer saber: vou lá jogar também porque o tempo voa e eles estão crescendo rápido demais!!!

Advertisements

One thought on “namorando de novo

  1. Olá Pessoal….
    Gostaria de mandar esta mensagem por e-mail mas não encontrei, podem responder para meu e-mail (vanalves001@gmail.com)…

    Acompanho o blog de vcs e adoro saber como esta a vida por ai…
    Eu e meu marido estamos fazendo processo de imigração para Quebec e estamos aguardando CSQ (meu marido é estatístico e eu, nutricionista). Somos de Porto Alegre/ RS. Como a profissão do meu marido é prioritária, ou pelo menos era, quando mandamos o dossiê (dez/2011), esperamos logo ter o CSQ em mãos para darmos entrada no Federal.
    Estamos questionando algumas intenções e gostaríamos de pedir a opinião de vocês que já estão no Quebec….Estamos com 31 anos e a vontade de formarmos uma família (termos filho) esta cada vez mais acentuada, e se formos esperar pelo processo do Canadá, ficaremos aqui no Brasil por pelo menos mais 2 anos…mas estamos com vários questionamentos e gostaríamos de saber a opinião de vcs…
    1- Estamos nos questionando o que será melhor: Termos nosso primeiro filho aqui no Brasil, perto da família para não privá-los de ter vínculo e contato com nosso filho deste o início…Além do que, aqui tenho meus médicos…
    2- Ou se deixamos para ter no Canadá (que era nossa intenção na época em que decidimos iniciar o processo, 3 anos atrás). Sabemos que ter no Canadá nos da muitos benefícios… como licença maternidade e paternidade estendida (o que será ótimo para nós e a criança), e não precisar inclui-lo no processo de imigração daqui, pois como podem ver esta bem enrolado…mas para isso teremos que chegar no Canadá, aperfeiçoar a língua e arrumar um bom emprego. Sabe-se lá quanto tempo isso pode levar….
    O apto que moramos hoje é de 1 dormitório (pagamos aluguel)…ou seja, mais uma coisa para pensarmos antes de termos um filho aqui, teríamos que ir para um apto de 2 dormitórios, pelo menos….
    Estamos pensando em ir para Quebec no ano que vem procurar emprego, mas até lá, muitas dúvidas tirarão nosso sono….
    Dizem que o ano começa em setembro, e é a melhor época para irmos, procede?

    O que vcs acham? 😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s